© 2018 POR PRÓ-REITORIA ACADÊMICA

UNESC - UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE

CONCEITOS QUE MOVEM O
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA

Com base nos estudos teóricos de Boaventura de Sousa Santos (2011); Maria Isabel da
Cunha (1997; 2007) e Maria Antonia Ramos de Azevedo et.al. (2017) apresentamos os
conceitos que sustentam o Programa de Formação Continuada UNESC para o quadriênio
2018-2021.

FORMAÇÃO: espaço em que se fundam os processos de ensinar e de aprender e
onde o ensino não é fim do processo ensino-aprendizagem, mas o cenário de
encontro das muitas possibilidades de costura entre o conhecimento empírico e o
conhecimento técnico-científico, o que exige um alargamento das salas de aula, bem
como um desajustamento de saberes em busca de uma educação comunitária e
emancipatória.


PEDAGOGIA UNIVERSITÁRIA: espaço de resistência no qual a cultura de trabalho e
de compartilhamento das ações se deve apropriar da ideia de cultivo de grupo, no
sentido de olhar para o outro e construir a si mesmo, numa prática permanente e
articulada.


DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA: atividade que articula os processos de ensino e de
aprendizagem no ensino superior. Busca articular diferentes e variados saberes, no
sentido de promover a atuação docente do ensino superior nos âmbitos do Ensino, da
Pesquisa e da Extensão. São os seguintes saberes: a) das ciências humanas e
naturais, da cultura e das artes; b) da prática profissional; c) da prática pedagógica; d)
das relações interpessoais, visando à sensibilidade pessoal e social.


CARTOGRAFIA: cartografar é acompanhar processos. “Assumir a cartografia como
direção metodológica nos compromete com a produção de uma política cognitiva que
busca evidenciar que o conhecer não se resume à adoção de um modelo teórico-
metodológico, mas envolve uma posição em relação ao mundo e a si mesmo, uma
atitude, um ethos” (KASTRUP, 2009. p. 202).